Importância da manutenção em computadores para empresas

Manutenção em computadores para empresa: entenda a importância e possibilidades

Todas as empresas dependem tanto dos colaboradores quanto da infraestrutura necessária aos trabalhos, que abrange desde sistemas de base para o negócio como Data Centers e servidores quanto itens de escritório, cômodos direcionados de acordo com a equipe, aparelhos eletrônicos de apoio e desktops ou notebooks, por isso é importante a manutenção em computadores para empresa.

Esses últimos, recebem destaque quando o assunto é efetividade, afinal, nenhum profissional consegue montar uma rotina de trabalho sem a tecnologia atrelada ao equipamento, que pode ser usado tanto em serviço presencial quanto remoto. 

Com isso, a importância da manutenção em computadores para empresa é extrema, demandando atenção dos responsáveis para assegurar que todos os produtos estejam íntegros e sirvam de apoio ao profissional. 

Para entender um pouco mais sobre essa importância, confira algumas  informações sobre o processo de manutenção e as possibilidades, identificando as melhores formas de garantir performance para seu negócio! 

Como funciona a manutenção em computadores? 

Muitos consideram a manutenção em computadores apenas após o equipamento apresentar erros constantes ou sofrer alguma pane. 

Porém, empresas especialistas trabalham com 3 possibilidades de manutenção, sendo diferenciadas por: 

Manutenção Preventiva 

É a manutenção direcionada para problemas que não comprometeram o produto ou não causaram grande impacto negativo, ou seja, é um processo de prevenção ao erro, abrangendo substituição de peças comprometidas, de itens que já passaram do tempo de vida útil ou mesmo trabalhando com a limpeza de componentes e atualizações que impeçam a boa performance da máquina. 

Manutenção Preditiva 

A manutenção preditiva também opera na base da prevenção, considerando componentes que possam ser trocados e peças que possam ser verificadas e testadas. Porém, um detalhe é que esse tipo de manutenção parte do princípio Maximum Time Between Failures – MTBF, ou seja, do tempo máximo entre falhas. 

Assim, os procedimentos possuem base no tempo útil de cada peça ou do equipamento em si, sugerindo trocas e aprimoramentos antes que o equipamento apresente erros. 

Manutenção Corretiva 

manutenção corretiva é a mais conhecida e solicitada, afinal, parte do erro já identificado pelo usuário. Com ela, é preciso entender a origem do problema, realizar testes e identificar formas de solucionar, formando um diagnóstico final. 

Esse tipo de manutenção em computadores implica em gastos com trocas de peça, atualizações, substituições e reparos eventuais. Assim, é interessante considerar planos de manutenção preventiva e preditiva para a empresa, além de contar com instituições confiáveis para eventuais reparos com a manutenção corretiva.   

Há diferenciais para empresas que buscam a manutenção? 

Com essas 3 possibilidades, além de garantir plena performance do aparelho, a empresa: 

  • Evita panes no meio do trabalho; 
  • Garante maior durabilidade do equipamento com as 3 formas de manutenção em computadores, consequência das análises dos componentes, equipamento em si e funcionamento; 
  • Maior custo-benefício considerando a ausência de novas compras e, ainda, garantia de um computador em pleno funcionamento; 
  • Redução de custos com novas aquisições; 
  • Profissionalismo e resultado certeiro pela contratação adequada. 

Todos esses diferenciais são complementados de acordo com o tipo de plano adquirido. Para verificações bimestrais ou semestrais, por exemplo, há maior segurança e estabilidade dos equipamentos, em manutenções preditivas, funcionamento do produto em ordem de acordo com o fabricante. 

Assim, é preciso considerar as possibilidades do prestador de serviço, identificando o contrato com melhor custo-benefício. 

Qual o padrão do processo de manutenção? 

Todos os processos de manutenção em computadores para empresas variam de acordo com o setor, tipo de produto, quantidade, especificidade e demandas, porém, é comum que empresas especializadas e mesmo o profissional em si direcionem os 3 tipos de manutenção de acordo com a ordem de processos: 

Análise 

Para começar, é preciso analisar os equipamentos em questão e seu funcionamento. Para isso, é possível focar tanto nas peças em si quanto no sistema, entendendo se o problema é físico ou em softwares e hardwares. 

Testes e verificações 

Após o direcionamento, há testes das peças em si e do equipamento como um todo, garantindo que há compatibilidade entre os componentes, que os programas são adequados para o computador e que todos os mecanismos atuam em conjunto. 

Os testes podem pontuar tanto os erros quanto as possibilidades de aprimorar o equipamento, mais uma garantia ao contratante. 

Diagnóstico final 

Com o diagnóstico final, é possível negociar valores e atividades com a empresa, considerando possibilidade de compra de peças, tempo de serviço e quantidade de maquinários avaliados, direcionando o serviço para a etapa final: correção. 

Aplicação das correções 

A correção é realizada de acordo com cada necessidade, variando em prazo, gastos com possíveis aquisições ou mão-de-obra. Assim, é preciso estabelecer um contrato justo entre ambas as partes, considerando as etapas para restaurar o equipamento e a urgência do cliente. 

Tudo isso pode ser combinado entre a empresa contratante e contratada, com base nos oferecimentos e tipo de demanda. Porém, a qualidade final deve ser garantida e a durabilidade aprimorada, gerando estabilidade para os trabalhos futuros. 

O que achou das informações sobre manutenção de computadores para empresa? Considera importante verificar as possibilidades de planos ou serviços pontuais? Entre em contato conosco e confira como podemos ajudar! 

Posted in Blog and tagged , , , , , , .