proteção virus artigo

Como evitar vírus nos computadores da empresa: 5 dicas indispensáveis

Como evitar vírus nos computadores da empresa é uma necessidade cada vez maior, afinal, ataques online são capazes de comprometer desde um único notebook até softwares, base de dados e sistemas empresariais inteiros, prejudicando atividades rotineiras ou mesmo trabalhos anuais de extrema importância.

Para entender o tamanho desse problema, é só lembrar do vírus Wannacy que infectou cerca de 230 mil computadores em mais de 150 países, comprovando que não há barreiras para as ameaças atuais.

Além da infecção em si, outra preocupação é o nível de otimização dos vírus, que estão, de pouco em pouco, tornando-se mais resistente, difíceis de detectar e exigindo cada vez mais da vítima, como o Ransomware e seu “pedido de resgate”.

Porém, nem tudo está perdido! Evitar vírus na empresa pode ser uma questão simples a partir de alguns cuidados. Para se proteger, confira 5 dicas indispensáveis na hora de resguardar sua TI e dados da instituição!

1- Invista no antivírus

Por mais óbvio que possa parecer, investir em um antivírus adequado para os trabalhos e amplitude da empresa faz toda a diferença! Muitas pessoas ainda pecam nessa questão, deixando para instalar o antivírus no equipamento somente após dias ou mesmo semanas de uso.

O antivírus pode ajudar a detectar ameaças logo na tentativa de invasão, ou seja, no “meio do caminho”, evitando que a ameaça virtual seja instaladas em notebooks, computadores de mesa ou mesmo smartphones.

Além disso, vale lembrar que a atualização do antivírus deve ser prioridade. Ameaças como o Ransomware (vírus que criptografa dados do equipamento e pede bitcoins em troca dos arquivos), aproveitam de antivírus desatualizados para invadir o sistema e alterar as configurações do equipamento.

2- Cuide dos acessos e informações duvidosas

Você sabia que no próprio Firefox há como definir uma senha específica para liberar outras senhas de contas que já acessadas no navegador?

E que essa definição pode ser feita por vírus a qualquer momento?

Limitar acessos dos funcionários em sites específicos, bloquear páginas e anúncios não é capricho, mas necessidade!

Há muitos links, anexos, documentos ou mesmo cliques em páginas suspeitas que são fontes de vírus, portanto, ao escolher o tipo de proteção para os computadores dos profissionais, devem ser consideradas tais possibilidades.

Se não houver necessidade de tanta restrição, uma opção é instalar sistemas de verificação de sites, responsáveis por avisar o funcionário se ele está entrando em endereços seguros ou que apresentam possíveis riscos.

3- Realize backups

Seguindo a frase popular “prevenir é melhor do que remediar”, realizar backups recorrentes pode ajudar a proteger informações da empresa, evitando alguns problemas caso haja captura de dados por vírus, como:

  • Necessidade de pagar para retomar as informações;
  • Altos investimentos para retrabalho na captação de dados de campanhas externas ou atividades internas;
  • Falta de material para futuras ações estratégicas ou mesmo consultas periódicas;
  • Falta de informações concretas para apresentar aos clientes em potencial ou já fidelizados.

O backup deve ser realizado periodicamente de acordo com o fluxo de atividades da empresa, cabendo aos gestores e responsáveis pelo setor de TI definir as datas.

Além disso, o backup com intuito de evitar vírus pode ser realizado em itens externos como HDs e SSDs, outros servidores ou backup na nuvem, sendo esta última opção muito recomendada para empresas que buscam qualidade, eficiência, espaço e praticidade no armazenamento.

4- Atente-se às novas ameaças

Proteja seu computador contra vírus Se os tipos de vírus são conhecidos, é mais fácil entender as possibilidades de infecção e formas de proteger os equipamentos. Para isso, basta manter-se informado sobre os atuais ataques, novas ameaças e inovações que estão sendo testadas para combater os problemas.

A equipe de TI muitas vezes está mais atualizada sobre essas questões, portanto é essencial alinhar as informações com todos da empresa e considerar recomendações do setor.

Outra possibilidade é contar com serviços de consultoria em TI, oferecidos por empresas especializadas que podem mostrar as melhores possibilidades sobre como evitar vírus nos computadores da empresa.

5- Alinhe e treine colaboradores

Uma última dica é explicar e treinar os colaboradores sobre as formas de proteção necessárias, ajudando a aumentar o cuidado para acesso de informações, navegação online, abertura de e-mails e uma série de atenções diárias que devem ser seguidas por todos os profissionais.

Para isso, é possível apresentar desde informações básicas sobre níveis de segurança de senha e perigos do spam até módulos mais avançados que tratam dos tipos de ameaças e formas de identificá-las no equipamento.

Uma opção é realizar treinamentos semestrais para manter os colaboradores sempre atualizados, ampliar seus conhecimentos sobre evitar vírus e ajudar na segurança tanto de equipamentos empresariais quanto pessoais, vantagem para a instituição e para o próprio profissional.

Gostou das dicas sobre como evitar vírus? Compartilhe em suas redes sociais e avise seus amigos!

Por: Simples Solução TI